A pandemia do novo Corona Vírus alterou bruscamente a rotina das escolas de todo o país e professores tentam se adaptar ao novo formato das aulas.  As dificuldades são muitas: lidar com as novas tecnologias, computadores e equipamentos de filmagem obsoletos ou a ausência deles, acesso à internet limitado por parte de alguns alunos e a falta do contato direto com os discentes são apontados como maiores desafios no trabalho nas escolas neste período de isolamento social. M uitas escolas ainda estão se adaptando à nova realidade de ensinar à distância e de uma hora para a outra, as aulas presenciais precisaram ser substituídas para a modalidade de ensino à distância (EAD) e os desafios dessa transição temporária são imensos. Cada uma, com certeza, fazendo o melhor que pode. P rofessores que não têm prática em gravar suas aulas, a nova forma de ensinar tem gerado uma insegurança na transmissão do conteúdo, em ser atrativo para os estudantes e se eles irão aprender o conteúdo. Quanto às avaliações, nem se fala. Não dá para pensar no EAD como se fosse a aula presencial. No EAD, os professores não podem dar aulas expositivas de uma hora, por exemplo. Existem motivações ativas para atrair a atenção dos alunos, propondo questionamentos, desafios, trabalhos em grupo, fazendo as crianças se organizarem por projetos …   O aluno presencial já não aguenta mais esse modelo expositivo, imagina à distância. O estudante de hoje quer construir seu conhecimento, é protagonista do processo de ensino aprendizagem. E os professores precisam ensinar com criatividade, inovação, bom senso, precisam se comportar como mediadores e não como expositores de conhecimento. As escolas devem aproveitar este momento de crise para fazer diferente, para unir disciplinas propondo questões interdisciplinares. É o momento de estimular essa juventude a pensar " fora da caixa". P ara os alunos o grande desafio é aprender a gerenciar o tempo dentro de casa e ter disciplina para estudar no modelo EaD. Tudo isso no contexto de extrema ansiedade por estarem confinados em casa, longe dos amigos e professores e vivendo no contexto de uma doença ainda misteriosa. E para os pais? Da noite para o dia viraram também  professores de seus filhos. Muitos têm que acompanhar as aulas para ajudar nas tarefas escolares. Isso, sem levar em conta que precisam conciliar o home office com este auxílio pedagógico. Não é nada fácil e o desgaste desta relação (pais/filhos) por vezes se aflora. Solução imediata para todos estes problemas ainda não há. Até que as aulas presenciais retornem cada família deve buscar alternativas que evitem conflitos e dialogar para chegar a um consenso. A minha dica aqui e que vem dando certo na minha casa é : NÃO SAIA DA ROTINA QUE JÁ FAZIA PARTE DA SUA VIDA. Sim, ter os mesmos horários para acordar, estudar, almoçar, fazer o para casa , divertir e dormir; são essenciais para o bom funcionamento das tarefas. Ter disciplina não é algo fácil e neste novo cenário ela se fez mais necessária do que nunca. Vamos torcer juntos para que tudo fique bem logo!   Abraços, Ana Cristina ( Proprietária da Villa Bambini)
Uma semana um frio danado e na outra o sol já brilha com mais intensidade. E agora, o que fazer? A cena é comum em muitas cidades: saímos de casa pela manhã para o trabalho, com roupas leves, e no fim do dia voltamos passando frio. As mudanças bruscas de temperatura podem ocorrer a qualquer momento, mas são mais propícias nessa época do ano. Infelizmente, nosso corpo sente mais do que a sensação de frio quando não está bem agasalhado. Essa condição pode desencadear alergias, resfriados e baixar a imunidade. Crianças e idosos, mais sensíveis, sentem ainda mais os efeitos dessas alterações climáticas. Será que é possível se prevenir? A chegada do inverno potencializa uma série de condições de saúde, especialmente relacionadas a problemas respiratórios, viroses, alergias e problemas cardíacos. Além disso, estamos vivendo o Covid 19, uma doença ainda desconhecida, mas com muitas vítimas fatais. COMO SE PREVINIR? Beba muita água Em dias frios temos a tendência de nos hidratar com menor intensidade. Isso é um grande erro, especialmente se o clima estiver seco. Beber no mínimo 2 litros de água é essencial! Faça ajustes na alimentação No inverno precisamos de mais energia para manter as funções vitais do organismo. Por isso, é necessário fazer ajustes na alimentação. Alimentos que aceleram o metabolismo e opções mais calóricas são as melhores escolhas. Apenas tome cuidado para não abusar de alimentos gordurosos e prejudicar a saúde. Areje os ambientes Em dias frios temos menos vontade de abrir as janelas . Manter a casa fechada impede a circulação de ar, o que favorece a proliferação dos vírus, fungos e bactérias. Portanto, por mais que esteja frio, deixe o ar circular. Lave as roupas de inverno Quando a temperatura cai chega a hora de resgatar os casacos do armário. Porém, depois de muito tempo sem uso, eles podem estar mofados e, o simples fato de vesti-los pode causar alergias. Sendo assim, aproveite esse período para lavar as roupas ou colocá-las no sol antes de utilizá-las. Aposte em roupas confortáveis Atualmente existem muitos tecidos que aquecem sem serem totalmente sintéticos. Assim como no verão, uma boa aposta são roupas confortáveis que permitem a transpiração. Os conjuntos de moletons forrados são um ótimo exemplo disso.  
O frio já está batendo na porta e é nesta época do ano que os pais se dão conta que precisam dar uma renovada no guarda roupa dos filhos. É muito difícil reaproveitar peças da temporada passada, isto porque as calças ficam curtas, as blusas justas e os casacos não fecham. Mas, é também uma estação curta e muitas vezes é preferível comprar algumas peças essenciais do que encher o guarda roupa e depois não usar. Vamos dar algumas dica então para que vocês possam fazer compras inteligentes e aproveitar o frio. O que não pode faltar para as meninas? 1) Uma legging (de preferência escura) que seja forrada. 2) Blusas de malha de manga longa para que possa fazer vários conjuntos com a calça legging. 3) Uma meia calça fio 70. Dá para usar com saia ou short e ainda esquenta nos dias frios. 4) Um colete forrado. O colete além de estiloso, protege o peito e dá um charme no look.       E para os meninos? 1) Uma calça de moletom forrada (de preferência escura). 2) Blusas de malha de manga longa. 3) Um pulover neutro. Esquenta e valoriza a roupa. 4) Um casaco de moletom que dê para jogar com looks diversos.       Dessa forma, não é necessário gastar muito até porque agora, mais do que nunca, é hora de realizar compras inteligentes!
Uma coisa é certa! Nós, brasileiros, nunca vivemos nada parecido como esta quarentena. Não sabemos o que é de verdade uma guerra e como é ficar trancado em casa por medo ou precaução. Então, um inimigo silencioso chamado Corona Vírus chega e muda radicalmente todo o nosso estilo de vida. Alunos são afastados das escolas, atletas não podem ir às academias, comércios são fechados e as famílias não podem mais se encontrar. Avós não podem abraçar seus netos e fazer o famoso almoço de domingo. O isolameto social torna-se a principal arma para combater este mal. Mas, ficar confinado não é tarefa para qualquer um. Os pais trabahando home office, filhos com aulas online e muitas famílias com suas rendas drasticamente reduzidas, E agora, como combater a ansiedade que vem com todo este contexto? A primeira dica é manter uma rotina, mesmo que os horários estejam alterados. A rotina faz parte da vida do ser humano e o cérebro atende aos comandos dados. Manter os mesmos padrões é importante para o bem estar. Em segundo lugar, a prática de exercícios físicos comprovadamete alivia bastante o estresse. No youtube existem inúmeros vídeos de aulas de ginástica para os adultos e com as crianças é soltar a imaginação. Dá para fazer circuitos em casa, pular corda, saltar elástico, brincar de morto/vivo; enfim usar a criatividade para liberar energia. Em terceiro, manter um padrão de sono. Se uma família entra a madrugada acordada, consequentemente todos os horários  serão alterados como alimentação, estudos e trabalho. Um sono regular entre 6 e  8 horas é importantíssimo para o combate a ansiedade. O momento é realmente desafiador. Muitos pais estão conhecendo seus filhos de perto, casais tendo que conviver 24 horas, mães atarefadíssimas com o trabalho doméstico e dizer que está sendo fácil é mentira. Mas, é preciso acreditar que dias melhores virão. O controle emocional se faz necessário para a saúde mental. É hora de ler bons livros ( vou deixar sugestões), assistir filmes e séries interessantes, nas redes sociais têm muita live bacana acontecendo e cursos online gratuitos a todo tempo. Não se contaminem com noticiários tóxicos que só falam dos óbitos. Vejam quantas pessoas estão sendo curadas em todo o mundo e tenham fé que isso vai acabar logo.   Sugestão de filmes Netflix: * O milagre da Cela 7 * Um senhor Estagiário * Soul Surf * A proposta * Coach Cartes Sugestão de livros: * O Poder da Ação (Paulo Vieira) * Bolsa Blindada (Patrícia Lages) * Ponto de Inflexão (Flávio augusto) * Seja Foda (Caio Carneiro) * Nunca foi Sorte (Adriana Santana)    
O verão está chegando, as temperaturas já subiram e a proteção é importante. Com novas descobertas sobre os efeitos do sol, o desenvolvimento de tecidos inteligentes que bloqueiam a radiação ultravioleta, apresentam estilo e praticidade. Com essas vantagens, pais e filhos  encaram o sol com menos preocupação. Há muitas razões pelas quais o protetor solar não o protege bem do sol. Uma solução muito mais eficaz é usar Roupas com Proteção Solar como uma  Camisa UV ! Para as crianças é uma segurança a mais.Saiba o porquê agora! 1.  Muitos protetores solares não protegem contra a radiação UVA Ao comprar um protetor solar muitos consumidores consideram principalmente a classificação FPS para determinar qual protetor solar comprar. No entanto, eles não percebem que esta classificação é referente apenas a radiação UVB, a porção de onda curta da radiação UV que é responsável principalmente pela queimadora solar. A classificação FPS não quer dizer NADA sobre a proteção dos Raios UVA (onda longa de radiação UV), o tipo de UV que causa câncer de pele e o envelhecimento! Por outro lado, se você vestir uma Camisa com Proteção Solar com Fator de Proteção  FPU  50+ (como as que a UV.action comercializa), você obterá proteção contra mais de noventa e oito por cento da radiação UVA e UVB. Somente o protetor solar marcado como "full spectrum" da mais alta qualidade se aproximará desta proteção e, na maioria dos casos, não vai proteger você igual a uma Camisa com Proteção Solar ou outro modelo de Roupa com Proteção Solar. 2. Muitas pessoas não aplicam protetor solar suficiente  Ainda que você use o protetor solar full spectrum de alta qualidade, muitas pessoas não aplicam protetor solar suficiente para proteger de acordo com as instruções do fabricante! Sem falar que para muitos pais é uma tortura passar protetor em seus filhos. Eles não param quieto um segundo. Com uma Camisa UV você não precisa saber "quanto" aplicar. Você simplesmente veste a Roupa com Proteção Solar igual a como você vestiria qualquer outra peça de roupa e você já está pronto para sair totalmente protegido! 3. Você não precisa "reaplicar" uma Camisa com Proteção Solar Para que o protetor solar funcione conforme anunciado, você deve continuar reaplicando-o conforme indicado (hora em hora ..) Isso ocorre porque as pessoas suam ou se molham e o protetor solar sai e termina perdendo o efeito! A maioria das pessoas, especialmente as crianças, nunca reaplicam o protetor solar. E as pessoas que reaplicam, raramente reaplicam o protetor em quantidade suficiente, ou na quantidade de vezes necessária em relação ao tempo que passaram expostas ao sol. Usando uma  Camisa com Proteção Solar  não existe a necessidade de "reaplicá-la". Mesmo se você suar ou se molhar, uma Camisa UV continuará bloqueando 98% dos raios UVA e UVB protegendo assim a sua pele!   Não há dúvudas da eficácia dessas blusas, todas comprovadas cientificamente.Vejam alguns modelos de blusas com proteção da Siri Kids. Estilosas, lindas e confotáveis de serem usadas.        
© Copyright 2020 | Villa Bambini - Todos os direitos reservados